• Ana Paula

O que é Diagramação no jornalismo? O que faz o diagramador, principais conceitos e elementos

Diagramação, de forma resumida, é a atividade de dispôr elementos em uma página segundo uma organização lógica .


Essa função faz parte do processo de produção jornalística, mas não é limitada apenas a jornalistas, mas também a profissionais de design, publicidade, artistas gráficos...


Dependendo do tamanho da redação, não é o mesmo profissional que produziu a matéria que fará a diagramação.


Entretanto, é fundamental que todo jornalista aprenda os principais conceitos e práticas da diagramação - até para ter mais propriedade no momento de sugerir algo ao diagramador.


Continue lendo e veja tudo o que você aprenderá no post de hoje:


  • Conceitos de diagramação no jornalismo;

  • O papel do diagramador;

  • Elementos da página;

  • Elementos de estética (contrastes, alinhamento, simetria, assimetria e equilíbrio);

  • Elementos de um projeto gráfico;

  • Ferramenta de diagramação: Indesign

  • Dicas úteis sobre diagramação


Diagramação: conceito e papel do diagramador


A diagramação, a organização dos elementos de texto, imagem e vídeo na página, deve ser feito com o objetivo de construir uma narrativa lógica, intencional e clara.


Ao desenvolver uma reportagem, o jornalista já deve imaginar a importância que terá uma imagem para que o leitor compreenda o gancho que você quer dar à notícia.


Você imagina que ela deve aparecer em destaque, logo após à linha-fina.


Talvez você também deseje que aquela fala de um dos entrevistados fique em evidência, em um "olho" (frase destacada, geralmente em fonte de tamanho maior) no texto.


Pois bem, cabe ao diagramador realizar essas configurações no texto.


Ele deve combinar conceitos de design e elementos de organização de informações para que aquela narrativa que precisa ser contada seja estruturada da melhor forma possível.

Esse profissional, ou o jornalista que estiver desenvolvendo essa atividade, deve conectar as imagens, o texto e/ou o vídeo (no caso de uma página em jornal ou revista on-line) dentro de uma sequência lógica, e mais: respeitando as regras do projeto gráfico, que deve determinar elementos como o tamanho e os locais dos anúncios publicitários, as medidas dos grids e mais.

Mesmo que você não vá atuar algum conteúdo, é importante saber porque a gente produz manchetes em alguns formatos, porque a gente produz outros elementos do texto jornalístico como chapéu, gravata com certas características para atender à identidade visual do veículo onde você trabalha.


Agora que você já entendeu o que é diagramação e o que faz o diagramador, vamos ao próximo tópico.


+ Dica de curso: Diagramação para jornalistas



Elementos da página


A diagramação que ocorre em uma página de jornal, revista, portal de notícias, entre outros geralmente leva em consideração a seguinte estrutura:


  • Fólio (parte de cima onde tem a linha da página, título, data)

  • Cartola ou chapéu ou retranca (informações que dão indicação da editoria ou da palavra-chave)

  • Antetítulo ou suspensório (traz a extensão um pouco mais da informação)

  • Título (manchete)

  • Linha de apoio ou gravata ou linha-fina ou subtítulo (mais uma extensão do título)

  • Lead

  • Corpo do texto, matéria;

  • Entretítulo ou intertítulo;

  • Fotografias, ilustrações;

  • Infográficos

  • Assinatura, crédito

  • Olho, frases, aspas

  • Matéria correlata, título secundário

  • Box

  • Serviço


Cada empresa jornalística tem uma identidade diferente, cores, formatos, fontes e disposição dos elementos diferentes, mas, em geral, esses são os elementos que podem estar presentes em uma página.


Não importa a cor, o tamanho... a unidade de visualização é mais ou menos a mesma.


É o que faz todo mundo reconhecer aquilo como jornal em qualquer lugar do mundo.


+ Dica de curso: Como fazer uma pauta jornalística passo a passo

+ Dica de curso: Como escrever textos para a web


Elementos de estética


Os elementos que fazem parte da estética de uma página e que compõem a identidade de uma marca são:


  • Tipografia (são as fontes, que podem ser mais grossas, mais finas, com serifa, sem serifa etc);

  • Imagens (edição de fotografias, se será colocada uma ou muitas etc);

  • Alinhamento;

  • Proximidade

  • Repetição;

  • Contraste


É importante lembrar que estética não é apenas beleza, é harmonia.


Aplicar esses pontos indicados acima é fundamental para garantir um layout profissional e com a personalidade do veículo onde o conteúdo será veiculado.


É preciso proporcionar coerência, facilitar a leitura pensando também nos espaços entre os elementos para que a página não fique poluída.


Eu sugiro fortemente que você leia o post em que fiz uma resenha do livro Design para quem não é designer: princípios de design e tipografia para iniciantes. É um livro excelente e recomendado na bibliografia do meu curso.



Projeto gráfico


O projeto gráfico de um veículo de comunicação tem a função de orientar o diagramador.


É um documento que contém regras e orientações para esse trabalho e que pretendem garantir a identidade da marca.



Elementos do projeto gráfico

Entre os elementos com orientações que podem estar presentes em um projeto gráfico, alguns deles são:


  • Custeio/anúncio;

  • Cores;

  • Formato do papel

  • Grids

  • Tipografia

  • Elementos textuais;

  • Marcas de identidade


Ferramentas


E para desenvolver tudo isso?


Qual programa utilizar?


O programa que nós utilizamos durante a disciplina, no curso, foi o Adobe Indesign.


Ele é, de acordo com os meus professores, o que há de mais completo atualmente para o trabalho de montagem de páginas.


Entretanto, caso você esteja aprendendo e não esteja trabalhando com diagramação profissionalmente, você pode buscar alternativas de programas gratuitos (já que o Indesign é pago).


A ferramenta pode parecer meio complexa à primeira vista, mas há muitos tutoriais que podem te ensinar a dominar o Indesign.



Dicas úteis sobre diagramação


  • Busque referências


Eu recomento que você acesse os sites de jornais de prestígio, revistas, jornais impressos se for o caso, e observe como é feita a diagramação.


Lembrando que cada segmento pode ter suas especificidades.


Uma revista é diagramada de forma diferente de um jornal.


  • Produza a matéria já pensando na diagramação


Se você for o repórter da matéria, ou o fotojornalista, procure fazer o seu trabalho já imaginando como ele poderá ser alocado na página ou no site.


Se o veículo onde você trabalha estabelece um limite de imagens para a página, um formato etc, você deve levar em consideração essas orientações para não se frustar após todo o trabalho.

  • Aprenda diagramação mesmo que você tenha alguém para diagramar para você


Assim você terá mais propriedade na hora de orientar o diagramador sobre onde você gostaria que cada elemento fosse colocado.


Sugestões de cursos:

+ Diagramação para jornalistas

+ Como escrever textos para a web

+ Photoshop para jornalistas

+ Como fazer uma pauta jornalística passo a passo

+ Edição de vídeo para jornalistas

+ Como estruturar um release

Quer receber notificações?

Inscreva-se e receba uma notificação sempre que um novo post for publicado

Publicidade

Recentes

© 2018 POR JORNALÍSTICO. ORGULHOSAMENTE CRIADO COM WIX.COM

  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Instagram Basic Black