• Autor

Seleção de 10 fotografias belíssimas em celebração ao Dia Mundial da Fotografia - 19 de agosto

Atualizado: 5 de Ago de 2019

Domingo, dia 19 de agosto, é celebrado o Dia Mundial da Fotografia e eu não poderia deixar de publicar aqui no Jornalístico algumas das imagens que mais me impressionaram no mundo do fotojornalismo.

Algumas eu (re)conheci durante as aulas de Imagem e Construção Social, no curso de Jornalismo, e outras eu vi por aí, em exposições, livros, documentários (“O Sal da Terra” do Sebastião Salgado, aliás) e pela internet. 


Elas não estão em ordem de importância, foram colocadas de modo aleatório, pois são todas incríveis.


A Fome no Sudão (Kevin Carter - 1993)

Aposto que muitos de vocês já viram essa fotografia da criança sudanesa agachada de forma fetal com o urubu à espreita.


O contexto em que essa foto foi registrada (regime do apertheid) e a forma como foi enquadrada a foto conferem à imagem a carga dramática da situação de fome e miséria vividas no Sudão.


Carter fez parte do famoso grupo de jornalistas de guerra intitulado “Clube do Bang Bang” e parte de sua história - bem como da fotografia - é retratada no filme que leva o mesmo nome do grupo.


O Beijo do Hotel De Ville (Robert Doisneau - 1950)

Essa fotografia é, provavelmente, o trabalho mais famoso do fotógrafo francês Robert Doisneau.


O retrato do beijo de um casal apaixonado flagrado em uma das ruas de Paris se tornou icônica e representante do amor.


Doisneau retratou muitas vezes a vida social na França por meio de cenas cotidianas, como famílias e casais em situações rotineiras.


Atrás da Estação Saint Lazare (Henri Cartier-Bresson - 1932)

Henri Cartier-Bresson foi um dos grandes mestres da fotografia e é considerado, por muitos, o pai da fotografia.


Além dos registros propriamente ditos, sua contribuição também se realiza nas teorias da imagem.


É ele o criador da expressão conhecida no mundo da fotografia como “o momento decisivo”. Essa imagem é um exemplo desse instante.


- (Huynh Cong "Nick" Ut - 1972)

Uma das fotografias de guerra mais famosas da história, e, definitivamente a mais famosa da Guerra do Vietnã, a imagem retratada pelo fotógrafo Huynh Cong "Nick" Ut, flagrou o momento em que a menina Kim Phuc, de 9 anos, corre pelas ruas da vila em que morava fugindo de um ataque de Napalm (conjunto de líquidos inflámaveis à base de gasolina gelificada, utilizados como armamento militar).


Tribo Mursi Vale do Omo Etiópia (Sebastião Salgado - no livro Gênesis, de 2013)

Um dos mais importantes fotodocumentaristas do mundo, o brasileiro Sebastião Salgado recebeu inúmeros prêmios ao longo de sua carreira muito reconhecida internacionalmente.


O foco de sua arte são as denúncias sociais.


Se puder, assista ao documentário “O Sal da Terra”, que retrata a trajetória do fotógrafo.

Por admirá-lo tanto, não pude selecionar somente uma foto.


Você encontra abaixo uma galeria com 8 fotos publicadas em seu livro mais recente, o Gênesis.

Todas as imagens do Sebastião Salgado desta galeria foram encontradas no site da Hypescience.

O que você acha dessa importante área dentro do Jornalismo?


É o segmento em que você quer atuar?

Parabéns a todos os fotógrafos e fotojornalistas pelo dia!


Lembrete: Fique à vontade para divulgar o conteúdo do blog, desde que sejam atribuídos os créditos com os devidos links para o conteúdo original – post ou página.

Siga o Jornalístico no Instagram: @jornalistico_

Quer receber notificações?

Inscreva-se e receba uma notificação sempre que um novo post for publicado

Publicidade

Recentes

© 2018 POR JORNALÍSTICO. ORGULHOSAMENTE CRIADO COM WIX.COM

  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Instagram Basic Black